A prática esportiva conta com diversos profissionais que pensam na saúde e no bem-estar dos atletas, como o fisioterapeuta especialista em fisioterapia esportiva ou desportiva, uma área da fisioterapia aliada a aspectos terapêuticos para tratar lesões, melhorar quadros clínicos e reestruturar atletas aos seus níveis normais para a reinserção no esporte. 

Com o uso excessivo do corpo em atividades físicas intensas, séries de repetições e fatores que expõem a saúde muscular a níveis superiores, qualquer deslize pode resultar em um quadro de lesão. Assim, a fisioterapia esportiva conta com ferramentas que possibilitam não só o tratamento de lesões, mas também a sua prevenção, melhorando o condicionamento físico dos pacientes e revertendo os efeitos de uma possível inatividade.

Fisioterapia esportiva também é para esportistas amadores

Quem pensa que apenas atletas de alta performance podem se beneficiar desse tratamento, engana-se. Ele também pode beneficiar esportistas amadores de todas as idades, ajudando no ganho de força muscular, alongamento, equilíbrio e correção postural, por exemplo. 

Com um programa que vai desde a atenção básica à saúde do paciente até a escolha dos procedimentos fisioterapêuticos ideais para cada um, a fisioterapia esportiva também auxilia no tratamento de quadros patológicos, restabelecendo suas funcionalidades e visando a integridade das capacidades físicas ao máximo.

Alguns métodos utilizados

Contando com uma série de ferramentas que auxiliam na prática de atividade física tanto de atletas profissionais como de amadores, alguns exercícios utilizados na fisioterapia esportiva, são, por exemplo, os pliométricos, que auxiliam na resposta neuromuscular do movimento, fortalecimento e alongamento, assim como os exercícios ligados ao treino sensório motor – que liga o sistema sensorial ao sistema motor, responsável pela postura e posições articulares na execução de movimentos – e a aplicação de bandagens elásticas, usadas na correção e prevenção de lesões.

Há também outros tratamentos utilizados na prática, como a terapia manual (uma das mais tradicionais, que investiga e trata lesões), a terapia funcional (que explora a consciência corporal do paciente, corrigindo problemas de postura, por exemplo), a massoterapia (que foca em aliviar as dores causadas por uma atividade física, possibilitando um melhor fluxo sanguíneo e relaxamento muscular) e a eletroterapia (que, a partir de correntes elétricas no corpo, fortelece ou relaxa os grupos musculares, tendo efeito analgésico e reduzindo inchaços).

Fisioterapia esportiva: como encontrar?

Atualmente, há diversos profissionais e clínicas especializadas em fisioterapia esportiva, como a SM Care, que trabalha com técnicas de ponta em diversas especialidades fisioterapêuticas. Ter o acompanhamento de um profissional responsável é essencial para o desenvolvimento de atividades físicas que mantenham a integridade física e a saúde muscular. 

É importante lembrar que, na presença de toda e qualquer alteração muscular, é necessário procurar um médico, pois sua assistência é imprescindível.