Saiba como o fisioterapeuta pode auxiliar no pós operatório de lesões de menisco. Veja também onde encontrar clínica de fisioterapia ATM.

De forma geral, após toda cirurgia envolvendo os meniscos, a reabilitação se dá em fases, que devem ser acompanhadas por fisioterapeuta capacitado.

No primeiro dia, por exemplo, deve-se aplicar gelo três vezes ao dia e não apoiar o pé no chão.

Após dois dias de procedimento, o paciente pode começar as sessões de fisioterapia visando à completa recuperação dos movimentos do joelho operado. Os principais objetivos da fisioterapia são a recuperação de flexibilidade do joelho, da força muscular, da coordenação motora e do equilíbrio estático e dinâmico.

Fisioterapia em pós-operatório de menisco

 

Duas primeiras semanas:

O primeiro passo é realizar uma avaliação do paciente para saber as principais informações em relação ao quadro e o diagnóstico do porquê ocorreu a lesão, além da goniometria e a perimetria do membro inferior afetado.

Mobilização articular: nesse momento é realizada de forma evolutiva e respeitando a condição do paciente.

Nessa primeira etapa do tratamento, é preciso aumentar a flexibilidade articular do joelho com movimentos de extensão e flexão do joelho operado. No decorrer do tratamento, a pessoa deverá repetir todos os exercícios indicados pelo fisioterapeuta, para ter a melhor recuperação e melhorar a mobilidade.

A partir do quinto dia se iniciam os alongamentos com algumas modalidades:

  • Alongamento da musculatura flexora do quadril e do músculo quadríceps;
  • Alongamento da musculatura isquiotibial;
  • Alongamento da musculatura adutora do quadril;
  • Alongamento da musculatura abdutora do quadril;
  • A crioterapia é realizada no final de cada sessão, com a finalidade de reduzir o edema do joelho.

A partir da terceira semana:

Começa o processo de fortalecimento do joelho com o paciente fazendo dez minutos de bicicleta ergométrica sem a pedalada completa.

A partir do décimo dia se inicia o ciclo completo, quando o paciente começa pedalando para frente durante cinco minutos e depois para trás por mais cinco minutos, em que é trabalhada a extensão do joelho.

Quarta semana:

Inicia-se a sessão de fisioterapia com o paciente realizando 10 minutos de bicicleta com o ciclo completo e depois mais 5 minutos pare frente e 5 minutos para trás.

Alguns exercícios realizados anteriormente, visando à amplitude de movimento, devem ser mantidos, para que haja manutenção do movimento que já foi recuperado.

Os alongamentos mencionados anteriormente também são mantidos, com as mesmas repetições.

Quinta e sexta semanas:

A partir da quinta semana se inicia o fortalecimento muscular mais intenso. O paciente é condicionado a utilizar as mesmas técnicas já mencionadas (para quadril) mas com o intuito de fortalecer a musculatura extensora, flexora, abdutora e adutora do quadril.

Em outras palavras, os exercícios mais aplicados pelos profissionais de fisioterapia são:

  • Fortalecimento da musculatura flexora do quadril;
  • Fortalecimento da musculatura extensora do quadril;
  • Fortalecimento da musculatura abdutora do quadril;
  • Fortalecimento da musculatura adutora do quadril;
  • Fortalecimento da musculatura extensora do joelho;
  • Fortalecimento da musculatura flexora do joelho.

Encontre apoio profissional para pós-cirurgia

A SM Care é uma clínica de fisioterapia ATM que conta com profissionais e equipamentos de última geração para atender, de forma individualizada, pacientes em situação de pós-cirúrgico de menisco.

Navegue pelo site para obter maiores informações.