A fisioterapia respiratória pós-Covid pode atuar no fortalecimento e bom funcionamento dos pulmões, assim como neutralizar as sequelas.

Conheça a importância da fisioterapia respiratória pós-Covid e como ela atua para lidar com possíveis sequelas da doença.

Leia mais: Conheça a fisioterapia respiratória

O que é fisioterapia respiratória?

A fisioterapia respiratória pode ser considerada uma área dentro da fisioterapia que tem como objetivo principal prevenir e tratar doenças que acometem o sistema respiratório, como bronquite, asma, tuberculose e, mais recentemente, as sequelas deixadas pela Covid-19.

As sessões de fisioterapia respiratória devem sempre ser conduzidas por fisioterapeutas especializados e podem ocorrer na própria clínica ou em casa.

Para que serve a fisioterapia respiratória?

A fisioterapia respiratória exerce papéis muito importantes para todo o organismo, melhorando a respiração e ajudando a estimular a mobilidade de pacientes que passaram muito tempo na mesma posição (durante uma internação, por exemplo) ao promover o fortalecimento muscular e a amplitude articular.

Nesse sentido, as sessões servem para restaurar a capacidade pulmonar, diminuir dores articulares e musculares, aliviar a sensação de fraqueza causada por problemas de saúde, assim como restaurar o equilíbrio corporal e a sensibilidade.

Atualmente, a fisioterapia respiratória também tem sido usada para diminuir o cansaço e a sensação de fadiga que vêm sendo observados em pacientes que contraíram o novo coronavírus (ainda que não tenham evoluído para quadros mais críticos).

A importância da fisioterapia em pacientes com Covid-19

Seja para auxiliar no tratamento da Covid-19, seja para a recuperação das sequelas, a fisioterapia respiratória é muito importante para o bom funcionamento dos pulmões e, consequentemente, da respiração.

A fisioterapia respiratória diminui complicações que podem surgir após algum problema de saúde que atinja os pulmões. Dessa forma, por meio de sessões orientadas por fisioterapeutas especializados, é possível ajudar a recuperar a capacidade pulmonar de quem passou por algum trauma, como a Covid-19.

As sessões são feitas com objetivo de atuar na melhora do fornecimento de oxigênio ao organismo, auxiliando o corpo também a excretar possíveis secreções e a liberar as vias aéreas.

Como a fisioterapia respiratória atua após Covid-19?

Muitos pacientes estão relatando problemas respiratórios decorrentes da Covid-19, mesmo após o período de recuperação da doença, inclusive em casos mais leves. Sintomas como falta de ar, fadiga, cansaço e tosse permanente são alguns dos mais comuns.

Nesse sentido, a fisioterapia respiratória pós-Covid visa auxiliar pessoas que passaram pela doença e agora precisam lidar com sequelas e sintomas adversos.

Para tal, é preciso passar por uma avaliação junto ao profissional responsável por conduzir as sessões, até porque, a depender do caso, o paciente também terá que realizar fisioterapia para reabilitação física e motora.

No mais, a fisioterapia respiratória pós-Covid atuará na recuperação de lesões no pulmão, melhorando a capacidade respiratória e promovendo o bom funcionamento do órgão.

Fisioterapia respiratória pós-Covid: sessões devem ser orientadas por especialistas

A fisioterapia respiratória pós-Covid é muito importante para ajudar pacientes que precisam lidar com as possíveis sequelas da doença. A SM Care, clínica de fisioterapia respiratória, possui estrutura, equipamentos e equipe de profissionais especializados para conduzir as sessões, sempre respeitando as especificidades de cada caso.

Navegue pelo site para conhecer mais sobre a fisioterapia respiratória e como ter auxílio da SM Care pós-Covid.

Encontre: Fisioterapia em Moema