A privação de sono pode ampliar a dor nas costas. Saiba mais sobre o assunto e veja como ter acompanhamento profissional em clínica de fisioterapia Itaim Bibi.

A ciência ainda não sabe explicar muito bem o porquê de episódios recorrentes de insônia impactarem na sensibilidade do corpo, mas já é sabido que isso se relaciona à maneira como o organismo reage a dores, como a dor nas costas.

Como a insônia influencia na saúde das costas

Em um estudo realizado em laboratório do sono, os cientistas observaram que episódios de insônia, mesmo não recorrentes, podem interferir negativamente no limiar de dor de um ser humano em mais de 15%. Além disso, se pôde observar uma clara marca no cérebro dentro dos centros de controle de dor.

Em outro experimento, o grupo de pesquisadores também considerou casos não severos de insônia e confirmou que mesmo pequenas interferências na quantidade de sono (para menos) podem influenciar na dor sentida no dia seguinte.

Conclusões sobre a influência da insônia em dores

O estudo, realizado na Universidade da Califórnia, em Berkeley, liderado por Adam J. Krause e Matthew P. Walker, acompanhou 25 adultos, em duas ocasiões, para analisar o limiar de dor após episódios de insônia.

Levaram em consideração duas medições: uma após os indivíduos passarem a noite acordados e a outra depois de uma boa noite de sono. As duas foram coletadas com uma semana de diferença, além de terem sido feitos exames de imagem do cérebro.

Os exames de imagem do cérebro trouxeram mais clareza para a questão. Isso porque, em todos os participantes, a atividade se intensificou nas regiões responsáveis pela percepção de dor, ao mesmo tempo em que diminui nos locais indicados como sendo os utilizados para lidar ou combater as dores.

Os picos de atividade foram sentidos no córtex somatossensorial, que compreende toda uma faixa de tecido nervoso que vai de um lado da cabeça ao outro, como um fone de cabeça.

E como a posição na hora de dormir pode influenciar?

Não existe uma receita mágica para amenizar as dores na coluna ocasionadas pela privação de sono. O primeiro passo é realizar a avaliação com ortopedista e fisioterapeuta para chegar ao diagnóstico correto e traçar o melhor tratamento.

De toda forma, existem alguns cuidados a serem tomados na hora de dormir que podem influenciar na pressão sofrida pela lombar ou cervical, impactando na incidência da dor.

Por isso, é bom ficar atento à melhor posição para dormir. Os médicos recomendam dormir de lado (posição tecnicamente chamada de decúbito lateral). Além disso, é preciso utilizar um travesseiro com altura suficiente para preencher todo o espaço entre a cabeça e o ombro, mantendo a coluna alinhada.

Também é recomendável colocar outro travesseiro entre os joelhos, para combater a pressão concentrada na lombar pela força exercida de uma perna sobre a outra.

O colchão também deve ser de qualidade e proporcionar o equilíbrio, ou seja, nem muito duro e nem muito macio. Em todo o caso, deve se evitar dormir de bruços.

Encontre tratamento para problemas nas costas

Os tratamentos e técnicas para dores na coluna devem ser sempre realizados por profissionais e especialistas, como é o caso da equipe da SM Care, clínica de fisioterapia em Itaim Bibi.

Na SM Care, o paciente recebe atendimento personalizado, levando em consideração as especificidades do quadro, sempre com acompanhamento profissional.

Navegue pelo site para conhecer mais sobre os tratamentos para dores nas costas.